Sugadores de sangue que habitam nosso planeta há mais de 90 milhões de anos (segundo registros fósseis) e há mais de 800 tipos deles no mundo. Eles não voam, nem pulam, mas se agarram no hospedeiro para se alimentar de seu sangue. As altas temperaturas favorecem seu ataque que acontece geralmente no início da primavera até o fim do verão.

Sim, estamos falando dos carrapatos, eles podem ser encontrados em todos os cantos, desde áreas urbanas à parques e se proliferam rapidamente em um ambiente. Estima-se que mais de 90% da população dos carrapatos está no solo, escondidos em frestas de pisos e paredes, madeiras, gramas, tapetes, carpetes, e apenas 10% tirando o sossego dos bichinhos de estimação.

CARRAPATO TRANSMITE DOENÇA?

A maioria dos carrapatos não transmite doenças. No entanto, existe uma variedade de doenças transmitidas por carrapatos e seus sintomas variam de acordo com o micróbio (patogênese), assim como o tratamento.

Apenas duas famílias de carrapatos são conhecidas por transmitir doenças aos seres humanos:

  • IXODIDAE (carrapatos duros, que possuem escudos ou placa dura em suas costas) e
  • ARGASIDAE (carrapatos moles, que não possuem escudos ou placa dura em suas costas)

CURIOSIDADE:

Carrapatos da família Argasidae normalmente não permanecem aderidos ao hospedeiro por períodos prolongados; passam a maior parte do tempo no ambiente (escondidos em frestas em abrigos de animais, por exemplo) e procuram o hospedeiro apenas para se alimentar, normalmente quando estes dormem. Esses carrapatos são notáveis por poderem permanecer em jejum por períodos prolongados, frequentemente mais de um ano, esperando pela oportunidade de se alimentar. Já os carrapatos da família Ixodidae permanecem longos períodos sobre seus hospedeiros.

dedetizacao-carrapato-ixodidae-e-carrapato-argasidae-em-jacarei-controle-de-pragas-urbanas-pestclean-2Embora seu cachorrinho ou gatinho de estimação esteja infectado por carrapatos ele não é capaz de transmitir doenças diretamente para você, porém, o carrapato sim é capaz de transmitir doenças diretamente para você através da mordida.

DOENÇAS TRANSMITIDAS POR CARRAPATOS

Os carrapatos carregam seus próprios minúsculos parasitas (protozoários e bactérias), que se penetrarem na corrente sanguínea podem causar doenças muito graves em animais e seres humanos. Por isso, se o seu cão está exposto, você e sua família também estão.

Dentre elas, as mais conhecidas no Brasil são:

  • Febre Maculosa (transmitida principalmente pelo carrapato-estrela),
  • Babesiose Canina e Erliquiose Canina (transmitida principalmente pelo carrapato-vermelho-do-cão).

No Brasil não há um tratamento preventivo contra as doenças do carrapato. Por isso, é muito importante que você como dono sempre mantenha seu cão ou gato o mais livre de carrapatos possível.

COMO TIRAR CARRAPATO DO CORPO CORRETAMENTE

Removendo o carrapato com a pinça. Foto: Primeiros Socorros para Cães e Gatos . Amy D. Shojai

Removendo o carrapato com a pinça. Foto: Primeiros Socorros para Cães e Gatos . Amy D. Shojai

  1. Ao retirar o carrapato manualmente, não use os dedos e sim uma pinça com pontas cegas ou uma pinça hemostática.
  2. Coloque luvas médicas descartáveis e mantenha cuidado para não esmagar o carrapato na hora da remoção.
  3. Agarre o corpo bem próximo à pele do animal e ás peças bucais do carrapato e puxe-o para fora, em linha reta, suavemente, na direção oposta á extremidade da boca. Isso fará com que as peças bucais se soltem mais facilmente, ao invés de arrancar a cabeça enterrada na musculatura do seu animal.
  4. Quase sempre o carrapato sairá com um pedacinho minúsculo de pele. Não se preocupe se a cabeça se soltar e ficar enfiada na pele – isso quase nunca acontece, mas, se acontecer, não deverá causar problemas para a maioria dos animais. Ou o corpo do animal absorverá o material ou o expelirá em alguns dias.

Cuidados posteriores…

  • Lavar o local da picada do carrapato com sabão líquido antisséptico à base de clorexidina ou pincelá-lo com um cotonete com um pouco de água oxigenada.
  • Aplique uma pomada antibiótica de neomicina e bacitracina.
  • Quando se remove o carrapato, é normal ficar uma saliência do tamanho de uma espinha. Deve desaparecer em 1 à 2 dias. Caso isso não aconteça e a saliência ficar do tamanho de uma ervilha, consulte seu veterinário. É provável que ele receite um antibiótico , como tetraciclina, para resolver qualquer infecção.
  • Uma picada de qualquer tipo de carrapato pode causar paralisia de carrapato, que geralmente atinge primeiro as patas traseiras. Se o animal começar, repentinamente, a puxar as patas traseiras ou tiver dificuldades de se  movimentar, procure seu veterinário. A maioria dos casos durará pouco tempo depois que o carrapato for removido.

Como você pôde ver neste artigo, carrapatos são de difícil erradicação, já que eles passam a maior parte do tempo escondidos esperando o melhor momento para sair e se alimentar.

O ideal para cuidar do seu animal de estimação, é consultar sempre um médico veterinário para tratar da maneira correta e para cuidar do ambiente conte com uma empresa com experiência no setor de dedetização de carrapatos e controle de pragas urbanas, a PestClean há mais de 15 anos presta serviços de qualidade e com garantia. Solicite uma visita técnica, nós analisamos caso a caso pessoalmente, basta clicar no botão abaixo: