As pulgas são insetos pequenos e sem asas, medindo um pouco mais de um milímetro de comprimento. Através da metamorfose completa, a pulga atinge sua maturidade passando pelos estágios de ovo, larva, pupa e adulto. São artrópodes ectoparasitas e vetores. Pragas do homem e animais domésticos em todo o mundo, a pulga é um dos insetos mais odiados, após as baratas.

Há mais de 2.400 diferentes espécies de pulgas espalhadas em todo o mundo. A grande maioria delas é parasita especifico de diferentes animais e só se alimenta de seu respectivo hospedeiro; outras, contudo podem alimentar-se também de sangue humano. Suas poderosas pernas permitem que saltem cerca de 20 cm de altura e até 40 cm de distância.

A pulga dos cães (Ctenocephalides canis) e a pulga dos gatos (Ctenocephalides felis), são duas pulgas parecidas em inúmeros aspectos, embora a pulga dos gatos seja mais encontrada do que a dos cães. Elas podem ser encontradas infestando outros animais como ratos, galinhas e até gado bovino. Preferem locais onde haja acúmulo de pó e ciscos; são muito encontradas dentro das residências, quase que sempre associadas à presença de cães e/ou gatos. Ambas são hospedeiros intermediários do verme intestinal chato dos cães e gatos (Dipylidium caninum); acidentalmente, esses vermes podem infestar seres humanos, especialmente crianças de pouca idade.

Embora sejam parasitas específicos de animais, essas pulgas podem picar humanos ou o fazem quando falta-lhes os hospedeiros preferidos. Em pessoas alérgicas ou mais sensíveis, a picada dessas pulgas pode desenvolver uma típica reação cutânea caracterizada por um pequeno ponto vermelho e duro que coça.

Há ainda diversos outros tipos de pulgas domésticas ou invasoras, entre as quais: a chamada pulga do homem (Pulex irritans), as pulgas dos ratos (xenopsylla cheopis, xenopsvlla brasiliensis e Nosopsyllus fasciatus), etc. Pessoas, especialmente crianças, também podem ser infectadas com solitárias se engolirem pulgas enquanto brincam com seus animaizinhos, ou se entrarem em contato com dejetos infectados e não lavarem as mãos antes de comerem.

As pulgas também podem transmitir doenças graves. Uma delas é a peste bubônica. As pulgas são agentes transmissores – transportam a bactéria da peste de roedores (os portadores naturais desta doença) para as pessoas.

As pulgas também podem carregar o tifo murino, principalmente nas partes sul e sudoeste dos Estados Unidos. O tifo murino é causado pela bactéria Rickettsia typhi.